Diários de Achenar sobre a Era Haven I

Tradução e comentários por: Adriana B. Portes.
Sobre a Era Haven.
Encontrado em MYST IV Revelation.
Dentro do navio na enseada de Haven.
Escrito por Achenar na sua chegada a Era Prisão.
Descreve seu dia-a-dia e a Era Haven.
Dividido em dezesseis páginas.
Escrito a mão com desenhos.
Capa de couro marrom muito desgastada.
Incluí alguns comentários e especulações.
Esta tradução é livre e cabe correções se necessárias.

…Não posso acreditar que levei tanto tempo para me conectar a esta Era. As advertências de meu pai me mantiveram longe de Haven. Uma Era muito rica, mas que poderia ser perigosa sem estar acompanhado dele. Serpente mentirosa. Eu devia ter previsto que ele falaria qualquer coisa para controlar a mim e a Sirrus. Maldito, como eu o desprezo. Olhe pai! Olhe bem! Quem controla quem agora!?

A chuva continuava forte desde minha chegada, mas quando ela finalmente terminou, tudo ficou em silêncio, exceto pelos gritos emitidos pelos animais que vivem neste lugar. O que será que têm por trás destes paredões? Estou muito molhado para ir averiguar esta noite, mas amanhã eu irei à caça dos tesouros. A julgar pelos baús que encontrei neste navio, não ficarei decepcionado, Sirrus ficará enfurecido quando descobrir que eu peguei todas as esmeraldas primeiro.

Faz uma semana que estou andando pela selva, mas não encontrei nada ainda. O que você fez pai? Conseguiu converter esta ilha em uma zoológico? Somente você poderia convencer estes idiotas a fazer tal coisa. Mesmo assim eu te concedo algum mérito. As cabeças de algumas destas feras ficarão muito bem enfeitando minhas paredes. Hoje eu vi pela primeira vez alguns primatas. Estava abrindo uma trilha na selva, quando um destes idiotas me acertou a cabeça com uma fruta! Ele me assustou, dei a volta para tentar pegar ele de surpresa, mas ele emitiu um grito insuportável, estava alertando os seus companheiros, porque neste momento todos subiram para seus ninhos no topo das árvores. Que pena… O senhor escandaloso não foi rápido o suficiente e eu o alcancei.

Que calor!!! Estou começando a gostar destas tempestades eletromagnéticas. Elas estragam um bom dia de caça, porém refrescam o ambiente um pouco. Me espanta saber que meu irmão ganancioso ainda não apareceu por aqui. Já deve estar sabendo que eu lhe abandonei em Serenia, depois que ele me confidenciou as intenções de seu plano. Ele acredita que tal plano dará certo, mas ele está louco. Devíamos matar nosso pai e acabar com tudo de uma vez. Talvez eu deva me transportar para MYST novamente e tentar convencer Sirrus a libertar nosso pai aqui em Haven. Depois destas semanas treinando melhorei minhas habilidades para rastrear e para caçar.

Não pode ser… Não!!! Tem que estar aqui! Em algum lugar… Tem que estar! Mas eu já procurei por todos os lugares. Onde está o maldito Livro de Ligação!? Tenho que manter a calma, elaborar um plano. É o que Sirrus faria não é? Ele… Onde demônios está Sirrus!!!? Não importa, preciso primeiro de um lugar onde me esconder… Algum… Pare com isso, apenas Pense!

O navio… Por hora irá bastar, mas preciso construir um abrigo melhor. Tem que ser mais fácil de entrar, contudo necessita ser protegido contra intrusos. Tenho que proteger-me, não? Bom… Está bom… Te matarei por isso Velho!!!

…Tentei acertar a besta, havia muito sangue por todos os lados… Túnel aerodinâmico… É infrutífero Karnaks sobre tudo. Foi genial usar seus costumes para pescar contra eles mesmos… Não há saída, eu estou preso… Onde está Sirrus? Nos últimos dias houve sangue demais, mas não me lembro de ter matado tantos animais. Há algo mais aqui? Algum outro grande predador caçando. Por que não o vi antes?

Estou aqui imaginando o que meu irmão anda fazendo, sua língua viperina, com seus truques em Serenia. Sirrus deve estar preso também! Enquanto eu estava ocupado com as máquinas, ele transportou-se para Spire para saqueá-la. Spire! A outra Era perigosa de nosso pai.

Maldito Comoudile!! Quase me arrancou a perna, me fez fugir apavorado. Ele que se prepare quando eu sair a caça dele… A chuva danificou a trilha, mas eu o encontrei, agora devo esperar, pensa… Apenas espera… Quanta matança… Ele foi resistente, somente esperei ele chegar… Tudo está sujo.

Meu Deus. O que é essa coisa?… Impossível! Que tamanho. Ele é enorme. Minhas mãos ainda tremem, não me dei conta disso. Não espera um ataque. Esplêndido. Eu o vi saindo do mar, espargindo água pelas garras. Quanta maldade! Quanta morte em seus olhos! O sol estava por trás dele e seu reflexo brilhante me cegava. Ele deve ter planejado. Ele sabia. Mas estou vivo, todo ensopado pelo mar, mas continuo vivo. Eu acabarei contigo. A morte será minha testemunha! Decorarei meu reino com os teus ossos.

Observações sobre o Diário.

Segundo as palavras neste primeiro Diário de Achenar, fica claro que antes deles serem pegos na armadilha dos Livros Prisão, ambos já estavam visitando Serenia com freqüência, planejando algo contra o seu próprio pai. O plano em MYST foi apenas uma parte do grande plano de Sirrus para capturar o próprio pai e extrair dele o conhecimento para a confecção de Livros de Ligação. Isso torna Sirrus, mais maquiavélico do que o próprio Gehn.

Porém tudo deu errado quando ambos foram capturados. Se ambos não tivessem entrado nos Livros Prisão, o plano talvez tivesse êxito. Contudo ao ler o terceiro Diário de Achenar, fica claro que ambos reuniram-se novamente, anos depois, para completar o plano em Serenia. Basta saber se eles fugiram após as explosões nas Câmaras de Pedra Nara, ou se de alguma forma eles conseguiram sair de suas Eras Prisões com ajuda de algum Livro de Ligação. No Diário de Catherine, fica claro que ela foi até Haven com um Livro de Ligação para Tomahna antes das câmaras ficarem prontas. Mas não há informações a respeito do que ocorreu depois.

Diários de Achenar.

Este diário é uma fonte importante de informação para o jogo MYST IV Revelation. Foi escrito na primeira fase da prisão de Achenar, através da narrativa é fácil entender seu comportamento e o desprezo pelas criaturas do lugar. Mas o que mais surpreende são as informações a respeito das ações de Sirrus.

Siga para Diários Traduzidos ou para Diário II – Era Haven