Manual MYST III Exile – Era Narayan

Texto e comentários por: Adriana B. Portes.
Narayan a Era do Equilíbrio de Forças.
O confronto com Saavedro.

Caro explorador das trilhas de Exile, estamos no último patamar do jogo. Você finalmente irá conhecer Narayan e confrontará Saavedro frente a frente. Você deve estar dentro da Torre Central em J’nanin e já deve ter ouvido a mensagem de Atrus. Agora olhe para frente e atravesse a ponte que está esperando por você para levá-lo até o Livro de Ligação para Narayan. É só cruzar a ponte para chegar no lugar sagrado de Saavedro.

Após alguns segundos você fará um vôo panorâmico através de uma grande Árvore Lattice que abriga uma grande câmara intermediária. A atmosfera esverdeada é muito silenciosa. Você verá escadarias de metal e vários dispositivos estranhos. Também verá várias tapeçarias vermelhas com uma série de símbolos na cor amarela. Estes símbolos serão muito importantes para sua jornada nesta Era.

Você irá pousar em frente a uma escada com três degraus. Ela parece ser feita de alguma fibra vegetal verde, assim como todo o chão que a rodeia. Olhe ao redor e veja uma intrincada trama de raízes e galhos que espalham-se por todos os lados. Realmente este lugar deixaria qualquer um tanto insano depois de vinte anos. Conheça o cenário, mas não suba para o patamar superior neste primeiro momento.

Vire a direita e veja um saguão com tapeçarias vermelhas. Cada símbolo em amarelo significa uma palavra. Note como estes símbolos são similares ao das páginas que você encontrou ao final de cada Era visitada. Olhe para o teto, ele parece ser revestido por uma fina película verde, ou uma membrana viva. Agora volte para o ponto inicial e suba a escada. Veja à sua esquerda um dispositivo de metal esférico. Mais a frente há uma manivela intermediária e outro dispositivo similar. Ao tocar neste dispositivo você ouvirá um som típico de algo que deseja funcionar, mas não funciona, como um motor sendo desligado abruptamente. Certamente falta energia para ele ser ativado.

Siga em frente você verá uma espécie de janela de galhos. Você verá do lado de fora uma área externa onde está uma gôndola semelhante àquela vista na Era Voltaic. Siga para sua esquerda e veja uma espécie de umbral. Contudo alguma substância que lembra teia de aranha impedirá sua saída. Esta película funciona como um campo de força interno. Depois vire 180º e veja no final deste salão uma escada de metal, siga até ela. Com três cliques você chegará ao patamar superior. Note os estranhos mecanismos e o assoalho de metal. Ao longe há uma espécie de torre com uma porta de ferro e uma fechadura circular. Lembrando a escotilha de um navio. Suba neste segundo patamar. De repente alguém surgirá de dentro da torre de ferro. É Saavedro.

Falando com Saavedro. Saavedro sairá distraidamente, seguro de que Atrus estará a espera dele. Ele estará comicamente vestido com uma das tapeçarias, mas isso não irá tirar o ar severo de seu rosto ao ver você. Ele irá ficar muito decepcionado ao descobrir que você não é Atrus. Na verdade ele terá um ataque de raiva, apontando o martelo de pedra na sua direção.

Você… Mas você não é Atrus. Onde está ele? Onde está ele? Eu peguei este livro dele e ele manda você!!! Depois de ter Releeshahn em minhas mãos, ele manda você? Como eu fui idiota. Pensando que Atrus em pessoa iria chegar até aqui, iria reescrever Narayan, iria entender as mensagens que pintei em todas as Eras. Como eu sou idiota. Todo este trabalho para nada…

Mais adiante ele diz: Quer saber de uma coisa, você está preso nesta câmara pela eternidade, não há como sair daqui. Eu tentei durante anos desativar este campo de força e fugir daqui, o Livro de Ligação para J’nanin já não existe mais, eu o deixei no estúdio de Atrus quando roubei o tão precioso Livro Releeshahn. Se você conseguir encontrar uma saída deste lugar, tome muito cuidado, pois as portas que você abrir não fecharão atrás de você. Então ele balançará o martelo de pedra como se estivesse ameaçando você, como se dissesse que irá atrás de você independente do lugar para onde você fugir.

Após ouvir as ameaças de Saavedro. Olhe para a direita e veja uma manivela vermelha. Ative-a para gerar energia para esta câmara. Imediatamente você ouvirá um som característico. Olhe para baixo e veja a gôndola e um cabo que a mantêm suspensa. Ao longe você verá outras Árvores Lattice ao longo do caminho. Depois desça novamente a escadaria e rume para o patamar inferior.

Inserindo Códigos Simbólicos das Eras. Esta parte do jogo exigira um pouco de paciência da sua parte. Ao chegar no patamar inferior, siga até a manivela entre os dois dispositivos esféricos. Vire a manivela para a esquerda. Ela enviará energia para a o dispositivo próximo a escada de três degraus. Siga até o dispositivo e toque nele para que o mesmo levante. Depois toque na tampa de metal para que a mesma abra revelando uma intrincada rede de filamentos de vidro. Na verdade elas estão carregadas de uma substância semelhante ao gás néon e quando tocadas elas se iluminam. São três círculos grandes. Cada círculo representa uma das Eras visitadas.

Veja que em cada círculo grande há quatro círculos menores são nestes círculos menores que você terá que inserir símbolos chaves para decifrar o primeiro código do campo de força interno. Contudo só temos dois códigos para cada Era, estes códigos estão nas páginas que você recebeu ao final de cada jornada. Falta descobrir mais dois códigos.

Para concluir este quebra-cabeça é de suma importância ler todo o Diário de Atrus, pois as palavras chaves que iremos procurar para cada Era estão explicitadas durante o relato dele sobre a confecção de cada Era.

Ao inserir os símbolos você deve apenas tocar nos filamentos de vidro e eles ficarão inicialmente alaranjados, se o código estiver correto ao final da inserção dos quatro símbolos todo os filamentos irão ficar brancos e ativos. Você pode escolher qualquer círculo grande para iniciar uma Era, contudo no interior do círculo quando você for inserir as quatro palavras, círculos menores, elas devem seguir uma ordem rígida no sentido horário.

Círculo Superior – Edanna.
A natureza encoraja uma dependência mútua.
NaturezaNature
EncorajamentoEncourages
MútuaMutual
DependênciaDependence

Círculo Direito Inferior – Voltaic.
A energia é o poder que movimenta o futuro.
EnergiaEnergy
PoderPower
FuturoFuture
MovimentoMotion

Círculo Direito Esquerdo – Amateria.
Forças dinâmicas estimulam as mudanças.
DinâmicaDynamic
ForçaForces
EstimularSpur
MudançaChange

Recomendo que você salve seu jogo agora. Depois siga até a manivela intermediária e a vire para a direita. Depois aproxime-se do segundo dispositivo esférico. Clique sobre o mesmo e toque na tampa de metal. Ela irá abrir. Veja que neste dispositivo há quatro círculos. O que indica que devemos inserir quatro símbolos. Mas quais? Bem estes símbolos nunca seriam descobertos por Saavedro, pois estão estritamente no Diário de Atrus. Lembra da frase que motivou a construção de Releeshahn e como ele se inspirou em Narayan para esta construção? A frase é a seguinte. Sistemas balanceados estimulam as civilizações…Balanced Systens Stimulate Civilizations. São estas as quatro palavras chaves que temos que procurar no patamar inferior:

BalanceadosBalanced
SistemasSystens
EstimulamStimulate
CivilizaçõesCivilizations

Ponha a manivela intermediara na esquerda isto abrirá o campo de força interno. Agora vá até o saguão deste patamar e procure a palavra Civilizations. Anote o símbolo. Depois saia do saguão e siga para a parte externa. Veja a gôndola, agora vire a esquerda e siga pela escada de metal em espiral, você verá o patamar inferior. Entre com cuidado e veja a sua esquerda um pedestal com um Livro de Ligação para Tomahna. Saavedro não tinha acesso a este livro. Contudo se você partir agora, pode deixar uma porta aberta para Saavedro seguir você e por em risco a vida de Atrus e sua família. Em todo o caso você voltaria sem o Livro Releeshanh e isso não ajudaria em nada Atrus e nem os remanescentes da Civilização D’ni.

Desligando o Campo de Força Externo. Depois siga em frente e veja as tapeçarias. Como as primeiras elas estão dispostas nos tecidos vermelhos e detalhadas em cor amarela. Copie os símbolos restantes que você precisará utilizar, “Balanced“, “Systens“, “Stimulate“. Note que há uma espécie de lago no centro do aposento. Talvez seja a água sagrada a qual Saavedro se referiu em seu diário e que brotava no centro das Árvores Lattice. Depois suba para o patamar central. Vire a manivela intermediária para a direita para mandar energia para o dispositivo com a segunda esfera. Siga até a esfera e toque nela, ela irá subir e depois toque na tampa de metal. Após ver os quatro círculo aproxime-se deles e insira os códigos no sentido horário.

Segunda Esfera com Quatro Símbolos.
Sistemas balanceados estimulam as civilizações…
BalanceadoBalance
SistemaSystem
EstimularStimulate
CivilizaçãoCivilization

Agora você verá o campo de força externo ser desligado e o céu mostrará sua verdadeira cor. Ao fundo você verá Narayan. Olhe a cor do céu, um cor-de-rosa tendendo para o salmão como em um final de tarde. Neste momento Saavedro descerá a escadaria superior e virá em sua direção. Ele está um tanto emocionado e diz que Narayan está viva e reconstruída. Finalmente ele tem uma esperança. Ele também ficou espantando por você conseguir encontrar os quatro códigos. Ele ficará feliz por saber que tem uma esperança. Contudo ao movimentar a alavanca intermediária, ele notará que nem tudo está bem. Quando ele abrir o campo de força interno o externo será fechado e vice e versa. Ele não pode fazer as duas coisas ao mesmo tempo. Então ele olhará para você e tentará negociar a posse do livro, que está nas mãos dele. Ele sairá para a parte externa e dirá que quando você abrir o campo de força externo ele lhe dará o livro. Só depende de você decidir se pode ou não confiar nele. Neste momento salve o jogo.

Pense bem… Você precisa ter uma salva-guarda para garantir que Saavedro, apesar de tudo não fuja com o Livro Releeshahn e deixe você e Atrus a ver navios. Há uma alternativa para todos ficarem felizes.

Suba as escadas e feche a chave geral. Aquela que você acionou no começo desta Era. Isso deixará Saavedro preso do lado externo. Ele irá gritar desnorteado, pensando firmemente que você irá deixa-lo preso naquele lugar para sempre. Agora desça as escadas e aproxime-se da janela com galhos. Ele estará ajoelhado no chão em pleno desespero. Então ele virá em sua direção e negociará a liberdade em troca do Livro Releeshahn. Ele te entregará o livro e torcerá para você o libertar.

Oh Deus, não faça isso comigo. Não quando minha família pode estar viva ainda… Eu preciso partir. Não…Não faça isso comigo. Tome você quer o livro, pode ficar com ele, mas não me deixe aqui. Não me deixe preso nesta armadilha. Eu não irei agüentar isso de novo… Não agüentarei mais. Por favor… Me liberte…

Só então vá até a manivela intermediaria e dobre ela para a direita. Agora suba as escadas e acione a chave geral novamente. Isso garantirá a liberdade para Saavedro. Ele irá despedir-se de você muito agradecido e entrará na gôndola. Você verá o veículo seguindo suavemente entre as Árvores Lattices, até chegar a uma árvore maior, onde há várias luzes brilhando. Aquela é Narayan a Terra Sagrada de Saavedro. Finalmente nosso exilado terá paz…

Voltando para Tomahna. Bem, então só resta a você voltar para Tomahna e entregar o Livro Releeshahn para o seu dono. Você chegará no belo jardim de entrada da Biblioteca de Atrus. Tudo estará em silêncio. Aproxime-se da porta principal e Catherine irá recebê-lo. Ela agradecerá ao Criador por seu regresso. E explicará rapidamente que foi impossível ir atrás de você, pois o Livro de Ligação para J’nanin estava pegando fogo e depois ficou destruído. Em seguida ela chamará Atrus.

Ambos estão cheios de fuligem devido o incêndio. Atrus pegará o Livro Releeshahn de suas mãos e ficará eternamente grato novamente. Ele procurará a chave do cadeado de Nara e Saavedro.

Em seguida você verá um pequeno epílogo. Atrus dirá que reconstruiu Narayan e espera sinceramente que Saavedro tenha encontrado sua família novamente. Contudo o passado é difícil de apagar e ele sabe o peso que está sobre suas costas e a responsabilidade de seus filhos na tragédia de Saavedro. Algo que jamais será remediado.

Finais Alternativos para MYST III Exile.

MYST III – Exile, não foge a regra da tradição de MYST e também possui finais alternativos. Estas são as melhores partes, pois você pode conhecer as várias reações desencadeadas pelos personagens do jogo se você tivesse tomado outras decisões…

Você não desliga o campo de força externo para Saavedro. Após Saavedro tentar negociar com você a abertura do campo de força ele seguirá para a parte externa da câmara e ficará andando de um lado para o outro, próximo à gôndola esperando você desligar o campo de força, mas isso não acontece. Siga até ele e tente conversar. Ele dirá com raiva para você ir logo desligar o campo de força. Se você demorar mais, ele deixará o Livro Releeshahn cair no vazio e depois matará você com o seu martelo de pedra. Aparecerá então uma tela com três alternativas. Uma para tentar de novo, outra para carregar algum jogo e outra para você voltar para o menu. De qualquer forma você falhou em sua missão.

Você desliga a chave geral de força na hora errada…Após Saavedro tentar negociar com você a abertura do campo de força ele seguirá para a parte externa da câmara e ficará andando de um lado para o outro, próximo à gôndola esperando você desligar o campo de força. Então você sobe para o patamar superior e fecha a chave de força geral o aprisionando entre os dois campos de força. Ele irá gritar desesperado pensando que você quer prendê-lo nesta situação para sempre. Então sem querer você abre a chave de novo. Ele subirá as escadas em plena fúria e o matará com o martelo de pedra. Tanto faz se você ficar imóvel no patamar superior, ou tentar descer as escadas. Ele surgirá e matará você de qualquer forma. Aparecerá então a tela com as três alternativas e você poderá reiniciar o jogo.

Você desliga o campo de força sem ter uma salva-guarda. Após Saavedro tentar negociar com você a abertura do campo de força ele seguirá para a parte externa da câmara e ficará andando de um lado para o outro, próximo à gôndola esperando você desligar o campo de força. Então você desliga o campo de força com a maior boa vontade. Ele irá aproximar-se da janela cheia de galhos e dirá que a parte da barganha dele já está paga. Então fingirá entregar o livro para você, contudo no último momento ele irá sorrir de modo cínico e jogará o livro no meio do nada. Ele partirá deixando você completamente desnorteado. Desta vez não aparecerá um menu com alternativas. Só resta a você voltar para Atrus de mãos abanando. Ao chegar você será recebido por Catherine, mas quando Atrus descobre que o Livro Releeshahn não está com você, ele fica deveras triste e diz que tudo está perdido para eles…Este final é muito triste. Só então aparecerão as alternativas para você tentar novamente.

Você volta para Tomahna sem o Livro Releeshahn e sem falar com Saavedro. Você conseguiu abrir o campo de força interno e desceu a escada em espiral. Então encontrou o Livro de Ligação para Tomahna. Você decide então falar com Atrus antes de tomar qualquer decisão. Ao chegar você é recebido por Catherine e ela chama Atrus em seguida. Quando ele começa a questionar você sobre o Livro Releeshahn, Catherine dá um grito e Atrus tenta protegê-la, você sente um baque nas costas e Saavedro surge do nada e atinge você. Depois você fica com a visão turva e imagina em seus instantes finais que ele irá matar Atrus e Catherine. Então você poderá optar por recomeçar o jogo a partir de Narayan.

Assim termina a sua aventura em MYST III Exile. Mas lembre-se… O final ainda não foi escrito… e você poderá viver outra aventura a qual irá acontecer depois de dez anos em MYST IV Revelation.

Manual MYST III Exile. Introdução do jogo.
Manual MYST III Exile – Os Personagens. Explicando quem é quem e a interface do jogo.
Manual MYST III Exile – Era Tomahna. A nova casa de Atrus e Catherine.
Manual MYST III Exile – Era J’nanin. A Era do aprendizado.
Manual MYST III Exile – Era Voltaic. A Era das forças magnéticas.
Manual MYST III Exile – Era Edanna. A Era das forças da natureza.
Manual MYST III Exile – Era Amateria. A Era das forças dinâmicas.
Manual MYST III Exile – Era Narayan. A Era do equilíbrio de forças.

Texto e comentários por: Adriana B. Portes.
Manual Completo em PDF de MYST III Exile Versão 1.3.
Siga para Era Amateria ou para ou para o início do manual do MYST III Exile.